Quinta-feira, 2 de Agosto de 2007

O Desejo...

 
O desejo quase sempre que me queima a pele...
Como se fosse um daqueles muitos raios solares que nos invadem o corpo e que nos deixam cade vez mais marcas.
Hoje quase como quase sempre, repara que é quase, não é sempre, pode parecer um pormenor, mas faz toda a diferença.
 
Dizia eu, hoje, desejo-te.
Como tu quiseres.
Podes vir como tu quiseres.
 
É claro que se vieres naquele teu jeito sensual, de mulher fatal, não desdenharei.
Mas vem.
Vem como achares melhor.
Como te der mais jeito.
Por terra, por ar ou por mar.
 
Talvez por mar, para te ir esperar á costa.
Sempre é mais romântico e posso ficar na encosta, junto ao farol, ser o teu guia.
Para que não te percas nalguma tempestade ou mesmo para que os adamastores não te desviem da minha rota.
 
Vem.
Simplesmente vem e faz amor comigo.
Como tu gostas.
Como tu queres.
Vem.
Espero por ti.
Hoje.Amanhã.
Vem.
sinto-me: A piscar-te o olho...
sentido por utopiaxxi às 22:49
link da sensação | sente também | favorito
1 comentário:
De Sweetie25 a 14 de Agosto de 2007 às 21:54
Era isto que te ia na alma ?!!!

Comentar sensação

.Eu

.pesquisar sensações

 

.Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Novas sensações

. ...Três pontos e um de Ex...

. Na tua sombra...

. Pétalas...

. Sindroma...

. Carta Aberta IV...

. A Distância...

. O sentido...

. Observações do Quotidiano...

. O Desejo...

. O sentimento de posse...

.Sensações anteriores

. Julho 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

.Outras Sensações

.Relógio

.Contador

Free Web Counters
Free Counter
RSS