Sexta-feira, 22 de Junho de 2007

O Gelado...

Sexta-feira, 22 de Junho de 2007

É curioso verificar como é que as coisas podem mudar com uma simples conversa.
Não sei porque motivo, mas deu-me para desconfiar...
Podia-me ter dado para outra coisa, mas não, deu-me logo para desconfiar...
E com isso, vem tudo o resto, o nervoso miudinho, as dores de barriga...
 
As relações entre as pessoas têm regras á cabeça, regras comuns, regras que ambos vamos definindo e que fazem com que a mesma se vá mantendo. Regras, que até pode ser...não existir regras. Porque as regras, depende do que for estabelecido entre ambos e aceite em comum.
 
O nosso ego está cheio de contrasensos...
É por isso é que quando me dizes que vais comer um gelado, fica sempre a dúvida. Mas fica sempre a dúvida, quando me dá para desconfiar.
O desconfiar, depende muito do estado de espirito, do momento, depende sobretudo da nossa confiança em nós mesmos e de sentirmos ou não que estamos a começar a perder a relação.Esta é uma situação.
 
A outra é pura e simplesmente vermos a coisa pelo outro prisma, o prisma de que não somos propriedade uns dos outros.
 
Lembro-me sempre da história do lago e de um livro da Clara Pinto Correia, que contava a história de um casal, em que a dada altura o homem se apercebeu de uns alvoroços na relação e de que a mulher o andava a trair, no entanto, esse homem deixou as coisas andar, dedicou ainda mais atenção á mulher e tempos depois apercebeu-se que aquela tempestade passageira tinha passado e que tinha regressado o bom tempo ao seu "lago".
 
Esta história estou em crer é hoje muito comum e vejo-a como sendo também em relações conturbadas, uma nova oportunidade para melhorar a relação.
 
Ás vezes penso nisto, mas penso sobretudo qual é a legitimadade para privar a nossa companheira de ter sexo com outro homem, se assim for esse o seu desejo, falo de sexo, não de amor. Tanto mais que e embora o neguem, as mulheres normalmente negam estas coisas, muitas das suas fantasias passam por ai, é normal, anormal era não terem fantasias...
 
Vivemos numa sociedade ainda muito preconceituosa e os preconceitos dão-nos a volta à cabeça e sobretudo ao estomâgo...
  
É por isso que quando ela me diz que vai comer um gelado, eu fico sempre na dúvida...
sinto-me: Com dùvidas
música: Mudemos de Assunto, Sérgio Godinho
sentido por utopiaxxi às 00:03
link da sensação | sente também | favorito

.Eu

.pesquisar sensações

 

.Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Novas sensações

. ...Três pontos e um de Ex...

. Na tua sombra...

. Pétalas...

. Sindroma...

. Carta Aberta IV...

. A Distância...

. O sentido...

. Observações do Quotidiano...

. O Desejo...

. O sentimento de posse...

.Sensações anteriores

. Julho 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

.Outras Sensações

.Relógio

.Contador

Free Web Counters
Free Counter
RSS